viajando sem câmera

Depois de perder duas câmeras num intervalo de 4 meses (a primeira morreu afogada em suco de melancia no Rio de Janeiro, a segunda esmagada pela retranca de um veleiro em março) achei que era melhor ficar um tempo sem câmera.

Mentira, quem achou foi minha conta bancária, mas enfim, sigo sem uma câmera digna (alô papai noel) e tenho que me contentar com o telefone. O que me fez descobrir o mundo dos aplicativos e o porquê do sucesso deles: a câmera é tão deprê que só com muito efeito você consegue achar que está registrando algo de uma maneira minimamente decente.

Mas como é o que tenho no momento, tenho me divertido tentando fazer um relatório em imagens dessa viagem à Cannes (e dá-lhe aplicativo)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s