essa semana passou voando

pelo menos pra mim, a vida off tava atribulada, deixando a on em stand by. Mas deu para ver, ouvir e ler:

       do board de Stephanie Hempten/ Pinterest, casou com a filosofada da semana: aqueles que acham sua vida tão genial que não entendem a necessidade do outro tenha uma vida própria.

Forte e fabuloso, Without Sanctuary é um trabalho de pesquisa de fotografias, realizado por James Allen. Vasculhando diferentes cidades, vendas de garagem, brechós e outros espaços nos EUA, ele coletou diversas fotos e cartões postais do resultado de linchamentos no final do séc XIX e começo do XX. As pessoas fotografavam os corpos em pedaços, queimados, pendurados e transformavam em souvenir. É perturbador e interessantíssimo. Esse nosso mundo não faz sentido. (via @pinkywainer)

Direto de Buenos Aires, entre um roteiro e outro, Laura Artigas publica experimentos em texto em seu “Outras coisas pra ler

De São Paulo e do mundo vem as bananas que engordam e fazem crescer do “Yes Banana” de Carol Vasone e Augusto Olivani. Informação boa em pencas.

StereoSystem, novo projeto musical de Lucio Morais, apareceu na caixa de som e na postal. Bem bom.