RJ em histórias e imagens

Uma semana no RJ é uma delícia

voltando a pé da OiFM em Ipanema para o hotel no Leme encontrei essa dupla que aguardava ansiosamente seu dono.

No caminho para o Fashion RJ o motorista do táxi abriu o teto solar e me levou para ver o visual na Urca

Almoçar com as amigas torna qualquer cidade mais interessante

A luz no fim do túnel

sofremos bullying de pombas

Cervantes – Rua Barata Ribeiro, 7 – aberto até a madrugada. No RJ comemoro quando descubro restaurante fica aberto até as onze.

Andando pelo Leme, onde fiquei hospedada, encontrei esse prédio sem grades em frente. Generosidade.

Contemporâneo e Histórico, CCBB RJ

Advertisements

Venga

As tapas – aperitivos, belicos e tira-gostos espanhóis – continuam seu sucesso em terras brasileiras. Uma das boas novidades do verão carioca foi a abertura do Venga Ipanema. A primeira unidade do bar fica no Leblon e a filial no bairro vizinho abriu no fim do ano passado. A casa é uma delícia e seus peticos idem, embora o espaço seja pequeno, ou seja rapidamente lota e fila se forma na entrada.

o teto da casa e o detalhe de alguns Jamons pendurados em frente ao balcão de tapas.

Você pode ir ao balcão e escolher ali o que te interessa, ou usar o tradicional cardápio que é bem montado. Comecei com Gaspacho, uma sopa fria de tomate e pepino (e um pouco de pimentão) que é deliciosa. No pós-praia carioca é vida!

Para beber encaramos a carta (e as jarras) de sangrias variadas de vinho tinto, branco (clericot) e até sangria de espumante.  Sentamos num pequeno balcão com vista para a rua e ficamos comendo, bebendo e assistindo a vida passar em Ipanema.

Empolgada com a bebiba, a comida e o bom papo, esqueci da missão jornalística e fotografei a 2a parte da nossa refeição apenas depois que a fúria bárbara dos nossos apetites já tinha passado pelas batatas bravas, um pão com queijo divino e o sensacional ovo com gema mole e aspargos com azeite de trufas. Dava para morrer feliz na seqüência.

Os preços são ok, sempre acho que pode ser mais barato para ajudar ao orçamento do próximo, mas não achei nenhum abuso.  O causo ficou por conta da porta de ferro que fecha o bar. Alguém esbarrou no botão que fechava a porta automaticamente, então no meio da noite começa a porta a descer, o gerente a correr, um pequeno furduncio, e o botão para parar a descida mais de onde estava o gerente ficava ao meu lado, só deu para ouvir um “aperte o botão!”.

Confesso, adorei o momento cinematográfico: “Aperte o botão” naquela hora soou meio como “siga aquele carro” ou “parem as máquinas”, perfeito para fechar bem a deliciosa experiência no local.

 

Ficou curioso? Cola lá:

Venga (Ipanema) Rua Garcia d’Avila 147B – 21. 22470234

http://www.venga.com.br   // venga@venga.com.br